Série Paisagens Pensas
Série Paisagens Pensas

Vista na exposição individual 'Cartas para um lugar', na Galeria de Arte BDMG Cultural. Belo Horizonte, 2018. Foto: Victor Galvão.

press to zoom
Série Paisagens Pensas
Série Paisagens Pensas

Vista na exposição individual 'Cartas para um lugar', na Galeria de Arte BDMG Cultural. Belo Horizonte, 2018. Foto: Victor Galvão.

press to zoom
Série Paisagens Pensas
Série Paisagens Pensas

Vista na exposição coletiva 'Inversos de Antípodas', no Galpão da Ilha Major. Belo Horizonte, 2018.

press to zoom
Série Paisagens Pensas
Série Paisagens Pensas

Vista na exposição individual 'Cartas para um lugar', na Galeria de Arte BDMG Cultural. Belo Horizonte, 2018. Foto: Victor Galvão.

press to zoom
1/11

+ Sobre

Paisagens Pensas

2017 – 2018

Carvão, pastel seco, pigmento natural, grafite e óleo de linhaça sobre papel mata borrão 80g e acrílico.

 

Série de seis (06) trabalhos: 80 x 91 cm cada.
Montagem suspensa em sanduiíche acrílico.

 

Dois (02) trabalhos: 150 x 100 cm cada.

Montagem suspensa com suporte em mogno.

                                                           

Paisagens Pensas é uma série de desenhos que criam uma dimensão semi-transparente, apontando
um outro lado sempre visível e obscuro, ao mesmo tempo.

A montagem suspensa, em sanduíche acrílico, busca evidenciar uma conversa com os Objetos Gráficos,
de Mira Schendel. Aqui, no entanto, as manchas tipográficas – que davam lugar à uma espécie de condição humana em meio às paisagens flutuantes de Schendel –, perdem lugar para manchas mais orgânicas
que sugerem a diluição da presença humana em meio a um espaço fluido.

O nome, Paisagens Pensas, sugere a condição dos espaços pensados e pensáveis, subjetivamente,
e suspensos no real.

+ Trabalhos da série