Not a child's toy
Not a child's toy

Vista na exposição 'Regards d'Artistes sur l'Urbanisme #6', no TO 6 [antiga sala da caldeira]. Tourcoing, França, 2021. Foto do artista.

press to zoom
Not a child's toy
Not a child's toy

Vista na exposição 'Regards d'Artistes sur l'Urbanisme #6', no TO 6 [antiga sala da caldeira]. Tourcoing, França, 2021. Foto: Yves Bercez.

press to zoom
Not a child's toy
Not a child's toy

Vista na exposição 'Regards d'Artistes sur l'Urbanisme #6', no TO 6 [antiga sala da caldeira]. Tourcoing, França, 2021. Foto: Yves Bercez.

press to zoom
Not a child's toy
Not a child's toy

Vista na exposição 'Regards d'Artistes sur l'Urbanisme #6', no TO 6 [antiga sala da caldeira]. Tourcoing, França, 2021. Foto do artista.

press to zoom
1/7

+ Sobre

Not a child's toy

2021

Globo de neve, corte e gravação à laser, impressão 3D, pó de tijolo, glicerina e água.

Nove (09) trabalhos: dimensões variadas.

Trabalho realizado no âmbito da residência de investigação e criação R.A.U #6 (Regards d'Artistes sur l'Urbanisme), no distrito do Quadrilatère des Piscines em Agosto - Setembro de 2021.


Uma produção do Groupe A - Coopérative culturelle.


Financiamento: Région Hauts-de-France, Sem Ville Renouvelée, PIC Union.
                                                           

 

"O globo de neve é um dos objetos mais kitsch na economia global do turismo, e alguns aficionados os coletam e exibem orgulhosamente suas descobertas.
 

As reproduções dos edifícios do quadrilátero da piscina, encerrados em seus globos de plástico e cobertos de pó de tijolo quando manuseados, nos remetem a uma dimensão que é ainda mais humorística porque não estamos tratando aqui de monumentos históricos ou turísticos, mas de edifícios que acabaram de sair do chão e estão reconfigurando completamente o distrito.


Memento, homo, quia pulvis es, et in pulverem reverteris [“Lembra-te homem que és pó e ao pó tornarás”]. Esta famosa locução latina, utilizada de todas as formas, poderia legendar perfeitamente a obra, enfatizando a banalidade das demolições e reconstruções que transformam as cidades. Mas também pode trazer essas miniaturas perigosamente perto de casa, impondo-lhes a mesma sentença no final, e reduzindo nossos habitats a algumas relíquias perdidas, entre outras, nos lixões do consumismo triunfante."

Pascal Marquilly

+ Trabalhos da série